Rio Branco,

‘Mamãe, estou morrendo’, diz vítima de incêndio pouco antes de morrer

Mundo

Por Notícias ao Minuto

naom_5847dff7c1470Com a ajuda dos familiares e amigos das vítimas do incêndio que destruiu na noite de sexta-feira (2) para sábado um depósito em Oakland, na Califórnia, durante uma festa de música eletrônica, a polícia americana começa a revelar alguns detalhes da tragédia, apesar de ainda não saber a sua causa.

Publicidade

De acordo com o G1,  o xerife do condado californiano de Alameda, Greg Ahern, contou à imprensa que a mãe de uma das vítimas recebeu um SMS da filha minutos antes de morrer. “Mamãe, estou morrendo”, diz a mensagem.

“Nós tivemos conversas muito pessoais com os integrantes das famílias (das vítimas) sobre os últimos momentos durante os quais falaram com seus filhos ou amigos”, disse o sargento Ray Kelly. “Estas coisas possivelmente ficarão conosco pelo resto de nossas vidas. Estes jovens enviaram mensagens aos pais dizendo que os amavam e que iriam morrer”, completou.

Os investigadores acreditam que as vítimas não conseguiram escapar do fogo por conta de barras de metal que vedavam as janelas do local, conhecido como “Ghost Ship”.

Até o momento, foram retirados cerca de 90% dos escombros. Foram identificados 35 corpos, de um total de 36 mortos no incêndio. São, na maioria, adultos, entre 20 e 35 anos, e uma adolescente de 17.


Publicidade




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidade