Rio Branco,

Aumentos salariais de vereadores não deviam ter sido aprovados, diz TCE

O não chegou tarde

Por Por G1 Acre

Publicidade

No fim do mandato, algumas Câmaras de Vereadores das cidades do Acre aprovaram aumento nos salários dos parlamentares e secretários. Medida que foi duramente criticada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) durante uma reunião, em Rio Branco, com novos vereadores e prefeitos dos 22 municípios acreanos. O órgão alega que esses aumentos não deveriam ter sido aprovados.

“Se as câmeras não estão no limite, as prefeituras todas estão no limite. Então, não pode ter esse aumento”, explica a presidente do TCE, Naluh Gouveia.

Para melhorar esse cenário em 2017, o TCE promoveu um encontro para orientar vereadores e prefeitos que devem iniciar uma nova gestão. Temas como gestão pública e planejamento foram debatidos no evento.

O palestrante Márcio Assumpção explica que foram dadas orientações sobre planejamento e organização. “Nós precisamos melhorar a qualidade do planejamento, fazendo um planejamento que leve a atender as necessidades da população. Esse evento visa justamente debater essa qualidade do planejamento na administração pública”, enfatiza.

Durante o evento, também foi lançado o programa em administração pública municipal, que tem o objetivo de formar profissionais para que eles possam compreender a gestão com a visão da construção da administração pública municipal.

“É uma forma de capacitar, da educação chegar nos lugares mais difíceis, mais longínquos para que a gente possa ter uma eficiência em todos os municípios. Não contratem mais gente, não coloquem mais gente nas prefeituras, porque não tem mais condição”, orienta a presidente do TCE.

 


Publicidade




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidade