Rio Branco,

‘Vivo ou morto, quero que apareça’, diz mãe de jovem que sumiu no AC

Desaparecido

Por G1 acre

meninoO jovem Adriano Moura de Souza, de 20 anos, continua desaparecido depois que saiu de casa após receber uma ligação de cobrança, na última terça-feira (8), no bairro Vitória em Rio Branco.

Publicidade

A mãe do jovem, a dona de casa Dulcineide Pereira de Souza, de 37, disse que não tem nenhuma pista de Souza e pede ajuda. “Vivo ou morto, quero que meu filho apareça, porque ficar sem saber não dá”.

O delegado responsável pelo caso, Pedro Paulo Buzolin, informou que até este domingo (13), a polícia não conseguiu nenhuma informação sobre o paradeiro de Souza. Segundo Buzolin, as investigações estão sendo feitas.

A dona de casa contou que nenhum dos amigos mais próximos do filho têm notícias sobre ele. Dulcineide afirmou que liga a cada uma hora para o celular de Souza, mas está sempre na caixa postal. Segundo a mãe, se o jovem estivesse vivo, já teria dado um jeito de entrar em contato com ela.

“Até agora ninguém tem pista nenhuma dele. Já fui no Hospital de Urgência e Emergência (Huerb) e Instituto Médico Legal (IML), mas não achei nada. Só com a força de Deus mesmo, porque é difícil ficar sem saber de nada, se está vivo ou morto. Eu tinha esperança de encontrá-lo com vida, mas já tem muitos dias e se ele estivesse vivo, acho que já tinha me dado notícia”, disse a mãe.

Em matéria do G1 publicada na sexta (11), a tia do jovem, a manicure Dulcinéia Pereira de Souza, de 31 anos, afirmou que ele estava sendo ameaçado e que sofreu uma tentativa de homicídio há dois meses, quando invadiram a casa dele.

Dulcinéia contou que na ligação que recebeu antes de sumir, o jovem teria dito que não tinha o valor de R$ 2 mil para pagar a dívida e que só poderia pagar R$ 500. A tia afirmou que Souza não tem envolvimento com drogas e teve passagem na polícia quando menor de idade. Ela disse ainda que não sabe do que se trata a dívida.


Publicidade




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidade