Rio Branco,

Saúde apura suposta intoxicação por maionese em 12 servidores de UPAs

Saúde

Por G1 acre

upasegundodistritoA Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) abriu, nesta segunda-feira (21), um procedimento administrativo para apurar uma suposta intoxicação alimentar, por maionese estragada, de 12 servidores das UPAs do 2º Distrito e do bairro Sobral, em Rio Branco. A Saúde afirma que vai investigar o caso e tomar as providências necessárias.

Publicidade

Ao G1, Adailton Cruz, tesoureiro do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado do Acre (Sintesac), relatou que o caso ocorreu no dia 14 de novembro após os funcionários das unidades comerem as marmitas servidas no jantar.

“Os funcionários alegaram que, após ingerirem a maionese, passaram a ter sintomas como cólicas, febre, vômito e diarreia. Alguns plantonistas permanecem de atestado e isso pode afetar o atendimento nesses locais”, lamenta.

Cruz alega que as reclamações em relação à comida servida nas UPA’s é recorrente e que o sindicato vai acompanhar a investigação da Sesacre. Além disso, destaca que devem pedir uma fiscalização mais intensa sobre o fornecedor da comida.

“Isso ocorreu outras vezes, mas não na mesma intensidade que agora, foram muitas pessoas. Praticamente uma equipe plantonista inteira está de atestado. Vamos entrar em contato com todos os trabalhadores para ver se precisam de algum auxílio”, finaliza.


Publicidade




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidade