Rio Branco,

Polícia Civil prende foragido do semiaberto acusado de homicídio em Rio Branco

Reincidente

Por Sandro de Brito/ Assessoria PC

ecos-17112016-homicida-3

Publicidade

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoas (DHPP), prendeu nas primeiras horas desta quinta-feira,17, no bairro Alto Alegre, o foragido da justiça Jorge da Silva Soares, 22, vulgo “BA”.

Jorge é acusado de homicídio qualificado, tentativa de ocultação de cadáver e participação em outros dois homicídios. O primeiro crime ocorreu em 20 de outubro contra Simone Barreto de Almeida, 28, e segundo contra Joaquim de Souza Silva, 18.

ecos-17112016-homicida-1

Em posse do acusado a policia encontrou dois pés de Canabis Sativa, erva popularmente conhecida como maconha, a faca usada no crime e uma balança. Em depoimento o réu confessou o homicídio e a propriedade da plantação de maconha. A investigação apontou que no local da prisão do investigado, residência no bairro Alto Alegre, era também usada como ponto de reunião de gangues para o planejamento e excussão de crimes.

Para o secretario de Polícia Civil, em exercício, Josemar Portes, á prisão é resultado de estratégia planejada pela policia civil. “Esse trabalho de hoje é fruto de uma estratégia criada pela policia civil, em que os homicídios estão sendo investigados e muitos deles já elucidados num trabalho voluntarioso, técnico e preciso dos delegados frente à Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoas (DHPP) criada com esse objetivo”, disse Josemar Portes.

ecos-17112016-homicida

O delegado Roberth Alencar, que preside o inquérito policial, ressaltou o bom trabalho dos agentes envolvidos nas investigações. “As prisões estão acontecendo mediante um trabalho minucioso de investigação que aponta a ligação dessa pessoa em diversos crimes cometidos na cidade. As investigações continuam no sentido de elucidar outros homicídios cometidos por essa pessoa”, observou delegado Roberth Alencar.

Evadido do sistema prisional Papudinha, onde cumpria pena no semiaberto, o foragido terá suspensão do beneficio e colocado novamente à disposição da justiça.


Publicidade




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidade