Rio Branco,

Durante bebedeira homem é torturado a socos, pontapés e teve parte do corpo queimado e parte da orelha cortada

Por Redação Ecos da Notícia

ecos-17112016-crueldade

Publicidade

O crime aconteceu na noite desta quinta-feira (16), próximo à Vila Triunfo no município de Plácido de Castro, cidade distante de Rio Branco a capital do Acre, cerca de 100 km.

De acordo com o que a polícia conseguiu apurar a vítima Francisco Santana de Freitas, de 46 anos, participava de uma bebedeira na casa de Antônio Borges da Silva, mais conhecido na região pelo apelido de “Turiba”.

Participa da bebedeira outro homem identificado pelo nome de Teles Santos Pires da Silva, quando todos estavam embriagados “Turiba” e Teles Pires começaram uma sessão de tortura contra Francisco Santana, que foi espancado com pedaço de pau, socos, pontapés, até desmaiar.

E como se não bastasse a crueldade do espancamento aparentemente motivado somente pelo excesso de bebida alcoólica, os dois algozes cortaram parte da orelha da vítima e com instinto de extrema crueldade esquentaram uma faca no fogão e passaram a queima o rosto da vítima.

A sessão de tortura não parou no espancamento gratuito e queimaduras com faca quente, pois Antônio Borges e Teles Santos pegaram sacolas plásticas e queimavam e enquanto as sacolas derretiam pelo fogo, os pingos eram jogados no corpo da vítima que ao gritar por socorro era pisoteada pelos dois criminosos.

Bastante ferida a vítima, ainda foi arrastada para a margem da Rodovia AC 40, aonde foi encontrada por populares que acionaram a Polícia e o SAMU.

A Polícia Militar daquela cidade conseguiu prender um dos acusados identificado por Antônio Borges, o comparsa dele conseguiu se evadir e a vítima foi internada no Hospital da cidade.

 


Publicidade




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidade