Rio Branco,

Campanha de Dilma pagou funcionários de Temer

Política

Por Notícias ao Minuto

naom_56674fd5a277bOs dados divulgados pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) mostram que as contas da campanha presidencial de 2014 de Dilma Rousseff, pagou os salários de assessores pessoais de seu vice na chapa, e hoje presidente da República, Michel Temer. De acordo com a Folha de S.Paulo, os resultados derrubam, mais uma vez, a tese de separação das contas defendida por Temer para tentar escapar de uma eventual condenação dos números da campanha na Corte.

Publicidade

Segundo comprovantes de depósitos e recibos apresentados ao tribunal, quatro colaboradores diretos de Temer –a chefe de gabinete, dois assessores de imprensa e o assessor jurídico– receberam, juntos, R$ 543 mil de julho a outubro de 2014.

Atual secretário de comunicação de Temer, Márcio de Freitas Gomes recebeu R$ 109 mil transferidos da conta da campanha de Dilma, R$ 27,3 mil mensais. Outro assessor de imprensa de Temer, Bernardo Gustavo recebeu o mesmo valor.

Derrotados no segundo turno, o PSDB e seus coligados entraram com três ações de impugnação da chapa Dilma/Temer por abuso de poder político e econômico nas eleições. Nas ações, requerem a posse dos senadores tucanos Aécio Neves (MG) e Aloysio Nunes Ferreira (SP) como presidente e vice.


Publicidade




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidade