Rio Branco,

Após postar foto íntima de médico, jovem vai para hospital psiquiátrico

Internada no HOSMAC

Por G1 acre

medicoA jovem Ana Caroline, de 23 anos, que publicou no Facebook a foto do pênis de um médico de 30 anos, com quem teve um relacionamento há cerca de 9 meses, foi internada compulsoriamente na última terça-feira (1) no Hospital de Saúde Mental do Acre (Hosmac). A informação foi confirmada pela advogada dela, Larissa Leal.

Publicidade

O médico, que preferiu não se identificar, alegou, na época, que era perseguido pela jovem e sofreu vários transtornos. Já Ana disse que divuglou a foto íntima por vingança e acusou ele de divulgar dois vídeos em que ela aparece seminua.

“Ela está internada, incomunicável e praticamente dopada enquanto faz o tratamento há sete dias. A internação dela foi deferida pela Justiça em 27 de outubro. Ela está sendo acompanhada e esperamos que se recupere bem”, diz Larissa.

No dia 21 de outubro, um medida cautelar da 1ª Vara Criminal de Rio Branco determinou que Ana passasse a usar tornozeleira eletrônica após a divulgação da foto do ex. A jovem foi proibida de manter contato com o homem pessoalmente ou através de telefone, e-mail e redes sociais.

Porém, no dia 26, ela foi presa por violar o equipamento por ao menos três vezes e não ter mantido distância do homem. No Hosmac, segundo a advogada, ela permanece usando a tornozeleira. “Mesmo no hospital, ela permanece com o monitoramento eletrônico e acompanhanda por toda estrutura necessária”, explica.

“Vaquinha”
A jovem chegou a criar uma “vaquinha” online onde pedia doações com o objetivo de arrecadar R$ 1 mil para ir embora do Acre. No texto, Ana alegou que as passagens para sair do estado tinham o preço alto e que no momento estava desempregada. Além disso, alegava que enfrentava vários problemas e ameaças. “Preciso ir embora urgentemente, me ajudem!!!”, escreveu.

A advogada explica que a “vaquinha” foi criada no dia 2 de outubro. Segundo ela, nesse período, Ana não usava tornozeleira e nem havia sido presa. “Alguém achou isso e publicou como informação nova, mas nessa data acredito que ela estava até viajando. É claro, o processo estava em andamento, mas não tinha nenhuma decisão ainda”, finaliza.

ana

Entenda o caso
No dia 20 de outubro, um clínico geral de Rio Branco, que preferiu não se identificar, relatou que vinha passando por vários transtornos após terminar um relacionamento com Ana Caroline.

Na quarta (19), o médico teve uma foto do seu pênis publicada no perfil do Facebook da jovem. Antes, dois vídeos dela seminua também foram publicados no perfil. A menina alega que os vídeos foram publicados pelo médico e que, por vingança, postou a foto íntima do homem.

Os dois alegam que não foram namorados, mas que se relacionavam há cerca de um ano. Desde que resolveu romper com Ana, o médico contou que já registrou 22 boletins de ocorrência. Na Justiça do Acre, ele moveu dois processos contra ela, um por danos morais e outro por difamação. O médico alega que a jovem costuma usar as redes sociais para denegrir sua imagem.

Os vídeos de Ana e a foto íntima do médico foram despublicados, mas geraram polêmica nas redes sociais. Algumas pessoas condenaram a jovem e outros julgaram o médico. Já o médico, alega que é perseguido pela jovem e que, inclusive, já foi ameaçado de morte.

Com medo que algo aconteça, o clínico geral contratou um segurança para que dê cobertura quando o médico volta para casa. Além disso, ele alega que também teve que instalar câmeras de segurança.

No dia 26 de outubro, Ana foi presa após violar a tornozeleira eletrônica por ao menos três vezes. A defesa da jovem pediu a internação porque ela sofre de “transtorno afetivo bipolar episódio atual hipomaníaco”, segundo a advogada.


Publicidade




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidade