Rio Branco,

Polícia Militar do Acre recebe fuzis do Exército para combate ao crime

Por Samuel Bryan/Ascom PMAC

Ao todo, serão 50 fuzis do tipo Parafal 7,62mm, que serão usados pela Polícia Militar do Acre no combate à criminalidade (Foto: Sérgio Vale/Secom)
Ao todo, serão 50 fuzis do tipo Parafal 7,62mm, que serão usados pela Polícia Militar do Acre no combate à criminalidade (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Publicidade

O Comando da Polícia Militar do Acre (PMAC) recebeu um empréstimo de 20 fuzis do Exército Brasileiro nesta quarta-feira, 19. Outros 30 fuzis serão emprestados por 30 dias, com possibilidade de extensão do prazo. A ação faz parte do apoio institucional do Exército ao governo do Estado no combate às facções criminosas e no policiamento da região de fronteira.

Os fuzis são tipo Parafal 7,62mm. A arma atende a todos os requisitos técnicos e operacionais estabelecidos pelo Exército Brasileiro, possui grande poder de fogo e coronha rebatível. Em função de sua alta precisão, peso e cadência, o Parafal já foi adquirido pelas polícias militares de diversos estados brasileiros, como a do Rio de Janeiro.

O comandante-geral da PMAC, coronel Júlio Cesar, explicou que os fuzis serão usados por policiais da Companhia Penitenciária, Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), Comando de Operações Especiais (COE) de Cruzeiro do Sul e guarnições dos batalhões.

“Se eles vierem com algum tipo de carro blindado, esse fuzil transpassará. A PM está preparada. Já sabemos manusear, não tínhamos ainda esse calibre, mas estamos recebendo, e a população poderá ficar tranquila”, disse o coronel  Júlio Cesar.

O empréstimo acontece após o governador Tião Viana solicitar apoio operacional ao Ministério da Defesa no combate à criminalidade.

Segundo o comandante do 4º Batalhão de Infantaria de Selva (4º BIS), tenente-coronel Medeiros Júnior, além da cessão dos fuzis, o Exército também está realizando ações específicas na região de fronteira do Acre com Peru e Bolívia.

“Estamos realizando isso com o objetivo de manter nossas fronteiras mais seguras e transmitir aquela sensação de segurança necessária para a população. Essa ação foi autorizada, e agora já estamos com tropas no terreno e o empréstimo dos nossos fuzis, potencializando o poder de combate da Polícia Militar do Acre”, concluiu.

 


Publicidade




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidade