Rio Branco,

Mensalão tucano: investigado mantém contratos com o PSDB

PSDB

Por Notícias ao Minuto

naom_5624334ae6b92Enquanto o processo que investiga o chamado mensalão tucano se arrasta na Justiça de Minas Gerais, o diretório nacional do PSDB contratou, em 2015, a empresa do publicitário Valter Eustáquio Gonçalves, apontado pela PF como um dos participantes do esquema de desvio de recursos públicos do governo mineiro que, segundo a Justiça, beneficiou o ex-governador tucano Eduardo Azeredo.

Publicidade

De acordo com a publicação do portal UOL, a empresa recebeu R$ 105.581,25 (divididos em três pagamentos de R$ 35.193,75), pagos com recursos do fundo partidário. A direção do PSDB nega irregularidades nos contratos entre ambos.

O fundo partidário é um enorme valor repassado todos os anos pelo poder público para os partidos formalmente registrados junto ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Para receber o dinheiro, que serve para atividades partidárias, as siglas devem estar com suas prestações de conta em dia.


Publicidade




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidade