Rio Branco,

Estado Islâmico reivindica atentados suicidas no Iraque

Iraque

Por Notícias ao Minuto

naom_571c9e3c31013A facção terrorista Estado Islâmico (EI) reivindicou os atentados suicidas cometidos nesta sexta-feira (21) contra edifícios do governo na cidade iraquiana de Kirkuk e contra uma central elétrica na província de mesmo nome, na região norte do país, informou a agência de propaganda da organização extremista, Amaq.

Publicidade

Os atentados cometidos por vários homens-bomba deixaram pelo menos 17 mortos, 16 deles em uma central elétrica em construção em Dibis, uma localidade 40 km ao noroeste de Kirkuk, informaram as autoridades.

Dezenas de extremistas armados com granadas e fuzis foram vistos nesta sexta-feira em vários bairros de Kirkuk.

Um correspondente da agência AFP observou vários deles em uma rua do bairro Adan. Testemunhas relataram a presença de pequenos grupos de homens armados em mesquitas e prédios em outras áreas da cidade.

MOSSUL

Nesta quinta-feira (20), as forças especiais do Iraque anunciaram ter retomado das mãos do Estado Islâmico cidade de Bartella, a cerca de 15 quilômetros a leste de Mossul, bastião da facção terrorista no país.

Segundo o tenente-general Talib Shaghati, a conquista de Bartella é “importante” para a ofensiva militar para retomar Mossul. Iniciada há quatro dias, a operação para retomar Mossul deve durar semanas ou meses.

Participam da batalha cerca de 30 mil combatentes do Exército iraquiano, das forças peshmerga curdas e de milícias árabes aliadas. A coalizão internacional liderada pelos EUA dá apoio técnico à ofensiva e realiza ataques aéreos contra posições do EI.


Publicidade




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidade