Rio Branco,

Casamento de homem com duas mulheres é permitido judicialmente

casamento poliafetivo

Por Redação/Ecos da Notícia

casamento

Publicidade

No Rio de Janeiro, ocorreu um caso no começo deste mês que, um funcionário público conhecido por Leandro Joannattan da Silva Sampaio, de 33 anos, a dona de casa Thais Souza de Oliveira, de 21, e a estudante de técnica em enfermagem, Yasmin Nepomuceno da Cruz, de 21 anos, são casados oficialmente. Marcando-se como o primeiro casamento poliafetivo permitido judicialmente no Estado Carioca.

Segundo informações do jornal O Globo, os três companheiros hoje moram em uma casa de só um quarto, mas pretende aumentar a família: Yasmin quer ter um filho e pretende colocar todos os sobrenomes na certidão de nascimento da criança.

O caso, entretanto, não é inédito no Brasil: em São Paulo, na cidade de Tupão, a justiça reconheceu outro casamento entre um homem e duas mulheres em 2012.


Publicidade




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidade