Rio Branco,

“007” é preso no interior do Acre planejando roubo junto com quatro comparsas

Por Redação/Ecos da Notícia

banner

Publicidade

Através de uma denúncia anônima, investigadores do município de Brasiléia, cidade que faz fronteira com a Bolívia e fica distante de Rio Branco, a capital do Acre,m cerca de 250 km, conseguiram preventivamente evitar um roubo (assalto) a uma família de posses daquela cidade.

De acordo com informações três adultos e dois menores formavam o quinteto, supostamente mente liderados por Railtyon de Sousa, de 22 anos, “o 007”.

A polícia descobriu que um dos participantes do bando teria saído de Rio Branco, exclusivamente para participar do roubo, que entre outros objetos cobiçavam roubar uma caminhonete para vende-la na Bolívia.

O plano começou dar errado, quando os investigadores da Polícia Civil de Brasiléia apreenderam dois adolescentes de 15 e 17 anos.

Logo em seguida foi preso Eder de Oliveira, de 34 anos, “o Neném”, em posse de “Neném” a polícia aprendeu dois revolveres, calibres 32 e 38 municiados.

Quando eram ouvidos na delegacia o celular de um dos adolescentes tocou e um investigador atendeu e do outro lado da linha Cleiton da Silva Freire, de 23 anos, detalhava como seria o assalto e quem efetivamente participaria.

quinteto-3

Com conhecimento de detalhes do plano criminoso, os agentes da polícia civil prenderam Railton de Souza, de 22 anos, “o 007” tido como mentor intelectual do plano de roubo e fornecedor das armas.

Na delegacia a polícia descobriu que “007” além de fornecer as armas, seria o motorista de fuga do bando.

 Segundo o delegado, Roberto Lucena, irá encaminhar os suspeitos ao Ministério Público para procedimentos cabíveis sobre o caso


Publicidade




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidade