Rio Branco,

‘Tive medo dela morrer’, diz marido de mulher atingida por raio na cabeça

Diz marido

Por G1 acre

dsc_1463Cinco dias após um raio atingir a cabeça da dona de casa Márcia Silva, de 24 anos, o marido dela, Antônio Alcimar, de 27 anos, conta que teve medo que ela morresse e diz que os filhos sempre perguntam pela mulher.

Publicidade

Márcia estava chegando em casa, que fica em Gujará (AM), no último dia 14, quando foi atingida pelo raio. Sem estrutura na unidade de saúde da cidade, ela teve que ser transferida para o Hospital do Juruá, em Cruzeiro do Sul, onde permanece internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O estado de saúde dela passou de gravíssimo para grave.

O G1 entrou em contato com a direção do hospital para saber mais detalhes sobre o quadro clínico de Márcia, mas foi informado que a unidade só vai se posicionar na quarta-feira (21).

O marido também conta com poucas informações e diz estar preocupado com Márcia. “Os médicos me falaram que ela teve uma melhora e já estava até comendo pela sonda, mas ainda é muito delicado. Estou cada dia mais aflito, sem saber se ela vai viver”, fala.

Alcimar diz ainda que a pior parte é quando os filhos, de 8 e 6 anos, perguntam pela mãe e ele não sabe dizer como ela realmente está.

“Não sei se está melhorando de verdade. Quando meus filhos me perguntam sobre ela, fico muito triste”, conta.

Entenda o caso
O incidente ocorreu na comunidade rural Gama, na cidade de Guajará (AM), no último dia14, mas como a unidade de saúde local não possuía estrutura adequada para atendê-la ela foi transferida para o Acre.

Alcimar, que é marido de Márcia, disse que a mulher foi atingida quando subia uma escada que dá acesso à casa. “Ela caiu diante de mim, eu nunca ia imaginar que isso ia acontecer. Jamais passou pela minha cabeça”, contou.


Publicidade




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidade