Rio Branco,

Grupo de gestantes recebe inscrições para encontros

Por Ascom/Ufac

ufac201609273

Publicidade

Com o objetivo de proporcionar mais informação a futuras mães, a Universidade Federal do Acre (Ufac), através dos serviços de psicologia, fonoaudiologia, nutrição e assistência social, organizou um grupo de gestantes voltado a servidoras e estudantes da instituição. As inscrições para o primeiro encontro estão abertas e podem ser realizadas na sala de Psicologia, localizada no bloco do Núcleo de Apoio à Inclusão (NAI), ou pelo e-mail [email protected]. A participação é gratuita.

 

As atividades terão início na próxima quinta-feira, 29, às 8h30, no bloco Edilberto Parigot. A ideia é que os encontros repitam-se a cada 15 dias, com duração média de duas horas cada. “Será um grupo multidisciplinar, pautado por palestras, rodas de conversa e dinâmicas relacionadas a temas diversos ligados à gravidez”, explicou a fonoaudióloga da Ufac e uma das idealizadoras do projeto, Jeanne Albuquerque. “A ideia é criar um espaço para trocar experiências, expor e tirar dúvidas correlacionadas a diferentes áreas.”

 

A cada encontro serão estimuladas reflexões sobre a assistência ao pré-natal, parto e nascimento, realizadas por uma equipe multiprofissional. A primeira reunião contará com a presença de profissional de assistência social, que discutirá os direitos do pai, da mãe e do recém-nascido, e de enfermagem, que tratará da temática do planejamento familiar. “As mamães servidoras, por exemplo, têm uma série de direitos que muitas vezes são desconhecidos. Também há muitas dúvidas em relação ao período do parto e pós-parto, especialmente pelas mamães de primeira viagem”, antecipou Jeanne. “Vamos discutir tudo isso nesse primeiro encontro.” As temáticas futuras serão definidas pelas próprias participantes do grupo ao fim de cada encontro.

 

“A gravidez pode ser um período marcado por muita solidão. A mulher passa por diferentes mudanças no campo físico e também psicológico. Nossa proposta é trazer uma possibilidade de interação, de apoio”, justificou o psicólogo da Ufac e, também, idealizador do projeto, Regis Albuquerque. “Além do mais, o projeto vem atender às diretrizes da Diretoria de Saúde e Qualidade de Vida, que preconiza o estímulo à promoção da saúde. O grupo representa uma maneira de acolhimento voltado a essa promoção da saúde não apenas da mulher, mas de toda a família.”
Os encontros do grupo de gestantes da Ufac serão abertos à comunidade acadêmica. A presença de um acompanhante é bem-vinda e esposas de servidores também podem participar.


Publicidade




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidade