8 dezembro 2022 4:24
8 dezembro 2022 4:24

Sinhasique diz que Governo sabia de esquemas fraudulentos no sorteio de casas populares

Fraudes

Por

- Publicidade -

dep.sinhasique

A deputada estadual Eliane Sinhasique (PMDB) usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), na manhã desta quinta-feira (11), para criticar suposto direcionamento de casas populares para pessoas que não obedecem critérios de seleção e uso da máquina pública para obtenção de votos.
“Essas casas estão sendo direcionadas para pessoas que não se enquadram no perfil de pessoas que necessitam receber essas moradias. Não é de hoje que se utilizam cabos eleitorais, pessoas influentes de dentro da Secretária, para beneficiar quem não precisa, com o objetivo de conseguir votos”.
Segundo a parlamentar, são muitas as denúncias de pessoas que receberam um documento dizendo que foram sorteadas, mas que não receberam sequer visitas de assistentes sociais.
“Recebem um papel que diz: parabéns! Você foi sorteado! Mas, estranhamente, permanecem sem casas. E isso acontece em ano de eleição. Esse esquema está sendo executado desde 2012 para as eleições municipais”, denunciou.
Sinhasique frisou que, há 3 anos, o governador tem conhecimento de esquemas de fraudes na aquisição de unidades habitacionais e cobrou postura.
“É preciso dizer que, no dia 30 de abril de 2013, às 14h40, foi protocolado na Casa Civil um dossiê que já denunciava ao governador do Estado todo o esquema. Por que só agora ele ‘autorizou’ a Polícia Civil a fazer essa investigação?”.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS