8 dezembro 2022 1:57
8 dezembro 2022 1:57

Filho drogado mata o pai a golpes de terçado

Por

- Publicidade -

barbarie-6

Filho criminoso começou a golpear o pai dentro de casa e saiu em perseguição no meio da rua ferido o pai a golpes de terçado até a morte

Mais um crime bárbaro foi registrado na noite desta sexta-feira (05) que marcará para sempre moradores do município de Acrelândia, distante da capital Rio Branco, cerca de 100 quilômetros.

De acordo com informações da polícia civil daquela cidade, o jovem Adalciclei Torres Pereira, de 22 anos, é usuário de drogas e durante o dia teria passado em companhia de amigos consumindo bebida alcoólica e entorpecentes.

A noite ele retornou para casa completamente drogado e alterado iniciando uma discussão com a mãe chegando a gritar com a idosa.

O pai de Adalciclei estava dormindo no sofá, quando foi acordado com os gritos do filho agredido a mãe verbalmente.

A vítima Adalcides Gomes Pereira, de 53 anos, se levantou do sofá e foi até o filho repreende-lo pela agressão verbal que estaria fazendo com a mãe.

Sem imaginar que o filho estava preparado para mata-lo, Adalcides depois de repreender o filho voltou a deita-se no sofá quando foi surpreendido pelo filho que armado de terçado aplicou um golpe na cabeça do pai.

Gravemente ferido Adalcides ainda tentou desarmar o filho, mas foi vencido e golpeado novamente.

Desesperado o homem conseguiu sair da casa e correu no meio da rua chamando por socorro.

O filho Adalciclei correu atrás do pai e conseguindo alcançado golpeou o pai até a morte.

A violência dos golpes foi tamanha que a vítima teve a cabeça completamente esfacelada pelos golpes.

Polícia prende filho criminoso que fez posse na delegacia e debochou da morte do pai

Os vizinhos da vítima impotentes diante da fúria do criminoso não tiveram como tentar socorro e acionaram a polícia que quando chegou ao local encontrou a vítima agonizando, e morreu em seguida, não dando tempo se quer do socorro médico chegar.

Após o crime o filho tentou fugir para uma propriedade rural, mas uma operação conjunta das policias civil e militar daquela cidade conseguiu captura-lo.

Preso Adalciclei confessou o crime testemunhado por dezenas de pessoas e foi conduzido a Delegacia de Polícia Civil, onde ao chegar fez posse para fotos e ainda teria debochado da morte do próprio pai.

A Polícia montou um esquema de segurança prevenindo uma possível tentativa de linchamento do criminoso, já que a população da cidade ficou em estado de choque diante da barbárie cometido e da reação do filho que a caminho da delegacia comemorava a morte do pai.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS