2 dezembro 2022 9:17
2 dezembro 2022 9:17

Assassino do Facebook é condenado a prisão perpétua

Condenação

Por Notícias ao minuto

- Publicidade -

naom_56b5a77408940

Americano matou esposa e postou fotos na rede social
Foi condenado, na sexta-feira (5), em Miami, a prisão perpétua, um homem que ficou conhecido como o “assassino do Facebook”. Ele teria publicado a confissão e as as fotos do corpo da mulher na web, antes de se render à polícia.
Em novembro do ano passaso, Derek Medina, de 33 anos, foi considerado culpado pelo homicídio de sua mulher, Jennifer Alfonso, de 27. Em agosto de 2013, o marido teria executado a tiros sua esposa, na cozinha da casa onde viviam.
A juíza Yvonne Colodny impôs a pena a Medina: “Você adivinhou seu futuro, vou para a prisão”, disse, completando: “é para lá que você vai”. Segundo a Zero Hora, Medina replicou em juri: “Eu não tive um julgamento justo e vou reagir”, afirma. “Só Deus sabe a verdade”, acrescentou.
A defesa do acusado alegou legítima defesa, pois o homem teria atirado após sofrer ameaças por anos. Em meio a briga fatal, a mulher estaria segurando uma faca. O júri acatou a decisão dos promotores, que alegaram que ele seria culpado por ter atirado oito vezes contra a vítima, após ela ter dito que queria o divórcio.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS