6 dezembro 2022 11:25
6 dezembro 2022 11:25

Trio armado de Pistola de Secretaria de segurança pública do Acre, assalta taxista, atropela mulher, troca tiros com a polícia e abandona taxista em matagal amarrado

Por

- Publicidade -

assalto (90)

A capacidade de perversidade de três jovens somada as atrapalhadas resultou em troca de tiros com a polícia e prisão do trio.
A ocorrência teve início na tarde de sábado (23) no município de Plácido de Castro, distante de Rio Branco, cerca de 100 quilômetros.
O trio formado por Mateus Gabriel Teófilo Jardim, de 19 anos, Tiago de Araújo da Costa, de 18 anos e ainda um adolescente de 16 anos, contrataram uma corrida de taxista da cidade de Plácido de Castro, até o bairro Sobral em Rio Branco.
De acordo com informações da vítima, ao chegar em um trevo próximo a Ceasa, um dos jovens sacou de uma pistola PT 940 furtada ou roubada da Secretaria de Segurança Pública do estado do Acre e rendeu o motorista exigindo que ele seguisse em direção a estrada Transacreana.
Já dominado pelo trio de assaltantes, o profissional foi brigado a dirigir mais de 70 quilômetros pela estrada Transacreana, até chegar no ramal Beija Flor, onde percorreram mais oito quilômetros.

No local os assaltantes amarraram e amordaçaram o taxista que ficou abandonado em um matagal e o bando seguiu no taxi de volta para Rio Branco.
Na altura do km 21 eles teriam atropelado uma mulher que caminhava na estrada e teve um braço quebrado pelo retrovisor do carro.
Na altura do km 18 uma viatura da Polícia Militar do 3º Batalhão realizavam patrulhamento na estrada quando suspeitaram da alta velocidade do taxi. Os assaltantes ao perceberem a presença de policiais na pista tentaram entrar no ramal Barro Alto, mas devido ao excesso de velocidade findaram por colidir contra um barranco.
Neste momento o ocupante do taxi identificado por Mateus já saiu com a pistola em punho e apontando em direção da guarnição.
De imediato a guarnição reagiu e conseguiu mobilizar Mateus que foi alvejado com um tiro no tórax.
O adolescente tentou fugir correndo, mas foi apreendido, O menor e Mateus foram encaminhados ao Pronto Socorro de Rio Branco.
Segundo informações durante a colisão contra o barranco o menor teria batido a cabeça e estaria com suspeita de traumatismo.
Tiago retornou ao quilometro 70 no ramal Beija Flor, onde mostrou aos policiais o local exato em que tinham deixado o taxista amarrado e amordaçado.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS