26 novembro 2022 2:42
26 novembro 2022 2:42

Escrivão da Polícia Civil é preso suspeito de estuprar adolescente

Por Por AC 24horas.com

- Publicidade -
Gilson Barros, de 50 anos. Ele é suspeito de estuprar uma menina de apenas 14 anos, dentro da casa dele. A menor é amiga de uma das sobrinhas do civil. / Imagem Facebook
Gilson Barros, de 50 anos. Ele é suspeito de estuprar uma menina de apenas 14 anos, dentro da casa dele. A menor é amiga de uma das sobrinhas do civil. / Imagem Facebook

O juiz Romário Divino, da 2ª Vara da Infância e da Juventude, determinou a prisão do escrivão de Polícia Civil (PC), Gilson Barros, de 50 anos. Ele é suspeito de estuprar uma menina de apenas 14 anos, dentro da casa dele. A menor é amiga de uma das sobrinhas do civil. O crime teria ocorrido em 2013, mas somente agora o Judiciário autorizou a prisão preventiva do servidor público.
Para o juiz, foi necessário prender Gilson no intuito de que “dessa maneira” possa se “resguardar a aplicação da lei penal”, o que está previsto no artigo 312 do Código de Processo Penal. A decisão data de 18 de janeiro de 2016, mas a prisão ocorreu apenas no dia 21.
Na denúncia, que começou numa delegacia de polícia, o Ministério Público (MP) diz que “no meio da noite, a vítima acordou com o denunciado sobre ela, sendo que pediu a Gilson que parasse e saísse de cima dela”, contudo, disse a menor estuprada, o suspeito “ordenou que a vítima calasse a boca”, momento em que “consumou a conjunção carnal contra a vontade” da adolescente, “que até aquele momento era virgem”.
Segundo informações apuradas por ac24horas, a defesa do policial já trabalha na elaboração de um Habeas Corpus.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS