25 novembro 2022 9:41
25 novembro 2022 9:41

Acre tem redução de R$ 33 mi no FPE e governo fala em cortes de salários

Cortes

Por

- Publicidade -

coletiva
O Acre entra no mês de janeiro de 2016 registrando uma redução de R$ 33 milhões na primeira parcela de repasse do Fundo de Participação dos Estados (FPE), significando um percentual de 12,4% a menos para o caixa do Tesouro Estadual, em comparação com o mesmo período do ano passado. A informação foi repassada pelo governador Tião Viana, nesta sexta-feira (29) durante coletiva.
Em janeiro do ano passado, segundo dados do governo, foram repassados R$ 266 milhões e, em janeiro de 2016, o valor caiu para R$ 233 milhões. De acordo com o governador do Acre, o estado tem um compromisso “sagrado” com o pagamento dos salários dos servidores, mas caso continue o clima de perdas, ele afirma que “medidas duras” terão que ser tomadas.
“Estamos avaliando todos os cenários, estudando desde horário corrido para alguns setores de governo, até uma possibilidade de cortes de salários em alguns cargos. Cenário de demissão nós estamos lutando com todo esforço para que não ocorra”, afirma.
Ainda de acordo com Viana, no meio da crise de 2015, o Acre conseguiu transferir para os municípios, através do Imposto Sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (IPVA), o valor de R$ 274 milhões.
“Seguramente isso foi o que salvou os municípios. Só para Rio Branco, foi repassado R$ 111 milhões. Não podemos deixar de dividir com a população a situação econômica delicada”, conclui o governador.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS