Rio Branco,

Papa aprova canonização de madre Teresa de Calcutá

Igreja

Por Por Notícia ao minuto

naom_5673c8f11daf0

Publicidade

As análises sucessivas do caso revelaram a cura da patologia cerebral em curto espaço de tempo e sem sequelas
O papa Francisco assinou nessa quinta-feira (17) o decreto que autoriza a canonização da madre Teresa de Calcutá, o que deverá ocorrer em setembro, informou o diário católico Avvenire.
O jornal informou que a canonização da beata Teresa de Calcutá será pública em fevereiro, durante o Consistório Ordinário, e que ela será feita santa em 4 de setembro de 2016, no âmbito do Ano Santo Extraordinário da Misericórdia.
A canonização ocorre depois de a Igreja Católica ter aprovado por unanimidade a “cura extraordinária” de um brasileiro em 2008, que se encontrava em fase terminal por graves problemas cerebrais.
O “milagre” ocorreu em dezembro daquele ano, quando o doente, em coma, ia ser operado, mas devido a problemas técnicos a intervenção cirúrgica teve de ser adiada por meia hora.


Publicidade




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidade