Rio Branco,

O que a acidez do estômago pode esconder

Saúde

Por Por Notícias ao minuto

naom_566f2ebf07f9c

Publicidade

A azia até pode passar em pouco tempo mas o ácido que volta ao estômago pode estar provocando um dano maior no revestimento do esôfago, avisa o Dr. Patrick Hyatt
Seja depois de comer algo gorduroso, beber refrigerantes ou de ter comido além da conta, a verdade é que a azia é um dos problemas mais comuns.
Mas, quando é algo frequente é prova de que algo não está bem com o seu sistema digestivo e que a queimação pode estar escondendo um problema muito mais grave do que imagina.
Pode sofrer de síndrome do esôfago, alerta o Dr. Patrick Hyatt, citado pelo site El Confidencial. Além disso, o médico alerta que a azia pode esconder problemas muito mais graves como câncer de esôfago ou até problemas no fígado. É por isso que o especialista recomenda que se procure a ajuda de um médico caso sofra de azia com frequência – mesmo que a dor não seja insuportável.
O ácido que provoca a azia, quando sobe com frequência, pode destruir as células que protegem as paredes do esôfago e o nosso organismo é obrigado a fazer uma mudança atípica substituindo-as por outras células mais resistentes ao ácido, resultando numa condição chamada de esôfago de Barrett.
Estas novas células têm mais probabilidade de se tornarem em pré-cancerosas e depois em cancerosas, destaca o Dr. Patrick Hyatt.
Quando deve ir ao médico:
1. Se sofre de azia mais de uma vez por semana;
2. Tem 50 anos (ou mais) e sente ardor no estômago pelo menos uma vez por semana;
3. Os tratamentos e medicamentos contra a acidez já não aliviam os seus sintomas;
4. Tem dificuldades de deglutinação;
5. Vomita sem estar doente ou vomita sangue.


Publicidade




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidade