Rio Branco,

Acusados de crimes na fronteira aguardará julgamento em Presídio Federal

Por

ecos-15-12-15-rico-1

Publicidade

Com apenas 22 anos de idade, Francisco dos Santos Coimbra, “o Rico” é considerado pela polícia uma espécie de “clinico geral” do crime.
Na segunda-feira (14) ele foi ouvido pelo Juiz da Comarca de Brasiléia, cidade que faz fronteira com a Bolívia e região de maior atuação criminosa de “Rico” que segundo investigação é integrante de uma Facção denominada “Bonde dos 13” que atua dentro e fora dos presídios.
Coimbra é acusado de envolvimento em crimes de furtos, roubos e tentativas de homicídios, ocorridas nas cidades da fronteira, Brasiléia e Epitaciolândia.
Após ser ouvido em depoimento pelo Juiz Clovis Lodi, o acusado deverá ser transferido para um Presídio federal, objetivando deixa-lo isolado das atuações criminosas da Facção até o julgamento que deve acontecer no próximo ano.


Publicidade




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidade