Rio Branco,

Ufac sedia 1º Colóquio de Visibilidade Feminista

Gênero

Por Da Assessoria/UFAC

O Coletivo de Ativismo Feminista Odara, em parceria com o Núcleo de Estudos de Gênero na Amazônia (Nega) da Universidade Federal do Acre (Ufac), realiza de 3 a 6 de novembro o 1º Colóquio de Visibilidade Feminista: quebrando tabus no século 21, com o objetivo de promover a igualdade de gênero.
O evento ocorre no campus da Ufac, com intensa programação que inclui palestras, mesas-redondas, minicursos, apresentação de trabalhos, atividades culturais e exposição fotográfica.
A ativista Carina Cordeiro explica que o movimento feminista foi responsável por profundas transformações sociais, culturais e políticas na sociedade ocidental desde o seu fortalecimento no século 19, tirando a mulher de um papel subalterno que ocupou por muito tempo na história.
“Mesmo com significativos avanços, o machismo ainda está enraizado em ações consideradas normais do cotidiano, onde mulheres e pessoas transgêneras são oprimidas e estão tendo seus direitos roubados”, destacou Carina.
Com a presença de ativistas e estudiosos da área, o colóquio é uma oportunidade para refletir sobre o preconceito e o papel de cada pessoa para construir uma sociedade mais informada. O credenciamento dos participantes será feito na abertura, a partir das 13h, e servirá para emitir certificado.
Para o encerramento, está programado um sarau musical com bandas como Aguadeiro, Psicofloral, Raul Experiência, Tambor de Fulô, Vanessa Napiame e Mara Santos e Samarah Kalibre 12.

Publicidade

Confira a programação completa aqui: http://bit.ly/1G0aJ5L


Publicidade




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidade