Rio Branco,

Transexual fica à beira da morte após tentar cortar seu próprio órgão genital

Transexual

Por Por noticia ao minuto

Uma transexual quase morreu devido a uma hemorragia após tentar cortar seu próprio órgão genital.
Li Xiongjin, de 30 anos de idade, nasceu homem em Hunan, China, mas se sentia mulher. Ela contou que após chegar à puberdade se enojava com o crescimento de pelos nos pés, por exemplo, e isso se tornou um fardo.
No entanto, em seu país, onde os descendentes do sexo masculino são mais desejados pelos pais, a mudança de gênero ainda é um tabu e o sonho da mulher conheceu barreiras.
Após terminar a universidade, Li viajou para outra localidade da China para trabalhador em uma fábrica, e mantinha o desejo de viver como uma mulher em segredo de amigos e familiares.

Publicidade

8188

Li Xiongjin, transexual de 30 anos de idade, de Hunan, China, quase morreu devido a uma hemorragia após tentar cortar seu próprio órgão genital.
Ela tomou hormônios por 7 anos a fim de mudar sua aparência, apesar de não resolver seu conflito interno.

8189

Três anos atrás a mulher começou a procurar soluções para a situação, mas como as cirurgias de mudança de sexo são raras e desaprovadas em seu país, ela não encontrou ajuda em qualquer hospital.
Em uma tentativa desesperada, Li comprou alguns instrumentos para que ela própria pudesse realizar a cirurgia no banheiro do dormitório da fábrica onde trabalhava em 2012.

8222

A automutilação levou a uma hemorragia e quase à perda de sua vida. Depois de ser levada a um hospital, ela escapou por pouco da morte.
Os pais de Li, que têm outro filho, nunca souberam a verdade. Quando foram ao hospital, pensaram que se tratava de uma “doença misteriosa” que exigiu a realização de cirurgia.

8317

A história chocante foi revelada recentemente durante em um reality show da TV chinesa do qual Li participou.
A revelação no programa, que dá aos participantes selecionados uma cirurgia plástica gratuita para ajudá-los a se sentirem “mais bonitos”, causou um rebuliço na sociedade chinesa.

8417
No mês passado, pela primeira vez, Li decidiu ir adiante com a cirurgia de mudança de sexo, mas precisava da aprovação dos pais.
No início eles ficaram com raiva e não aceitaram a decisão do filho, no entanto, após insistência de Li, eles finalmente cederam.

8514
Os pais ainda encontram dificuldades para se referir à transexual como “filha”, em vez de “filho”.
No trabalho, uma de suas colegas era intimidada por “valentões” e Li a defendia. Depois de algum tempo, eles se apaixonaram e se casaram. Isso aconteceu antes da decisão de se submeter à cirurgia.

8613
Agora eles devem se divorciar antes do procedimento, de acordo com a lei chinesa. Enquanto isso, a esposa de Li, cuja identidade e identidade não foram divulgadas, disse que se tornaria homem, caso o companheiro venha a se tornar mulher.
A transexual rejeitou a possibilidade dizendo que a mulher é nova demais para tomar tal decisão.

8712
Enquanto o casal está indeciso sobre o seu futuro, Li está tentando de tudo para completar seu sonho.
Agora ela faz estágio para ser cabelereira e espera se tornar uma modelo um dia.
Fonte: DailyMail


Publicidade




ÚLTIMAS

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidade