Connect with us

esporte

Keirrison sobre a tragédia: ‘Sempre te amarei meu filho, obrigado por tudo’

A criança deu entrada no hospital na noite de terça, com quadro aparentemente infeccioso. Horas depois, sofreu uma parada cardíaca e respiratória e não resistiu

Publicado

em

ecos-121115-esporte-

O atacante Keirrison foi assolado por uma tragédia familiar na madrugada de terça para quarta-feira. Seu filho, Henri Lucca, morreu no Hospital Vita, em Curitiba, aos dois anos de idade. Em meio ao momento extremamente difícil, o jogador utilizou as redes sociais para fazer um emocionado desabafo e se apega à fé para seguir a vida.
“Senhor, só Tu podes preencher o vazio e tirar a tristeza que ficou no meu coração. Tu és a única alegria em minha vida que não posso perder. Tudo o mais é passageiro e sujeito a mudanças. Ajuda-me a lançar todo meu fardo de tristeza sobre ti e permitir que carregues. Mesmo quando houver momentos em que sinto que não conseguirei suportar a dor, sei que Tu me sustentarás”, escreveu em sua página no Facebook.
O atleta do Coritiba fez uma declaração de amor ao filho e mostrou a dificuldade de se reerguer, após somente pouco mais de 24 horas da tragédia. “Reconheço que minha vida deve prosseguir e peço que me ajudes a dar o primeiro passo. Teu poder pode restaurar tudo!!! Até mesmo um coração partido. Confio que segurarás minha mão e me guiarás até que eu possa sentir Tua luz em minha face e tua alegria inundando novamente meu coração!!! Amém!!! Pra sempre te amarei meu filho, obrigado por tudo.”
Henri Lucca Buss de Souza era o fruto do relacionamento de Keirrison com Hevelin Buss de Souza, que já foi jogadora de futebol e é irmã do zagueiro Henrique, ex-Coritiba e Palmeiras, atualmente no Napoli. A criança deu entrada no hospital na noite de terça, com quadro aparentemente infeccioso. Horas depois, sofreu uma parada cardíaca e respiratória e não resistiu. Em sua primeira postagem após o trágico acontecimento, o jogador fez questão de agradecer o apoio que vem recebendo.
“O dia passou. A dor é imensa, a saudade sem fim. Mas não podia deixar de agradecer as muitas mensagens que recebi hoje. Perdão se não pude responder. Perdão se não consegui ver. Mas agora, mais tranquilo, quero dizer a todos muito obrigado. Que Deus abençoe todos vocês. Tudo tem um propósito. Respeito a todos e aprendo a cada dia com as pessoas. Não há mais o que falar. Amanhã o dia nasce e temos que seguir. Obrigado”, escreveu.

Continue lendo

esporte

Goleadas, rebaixamento e semis definidas: a última rodada do Acreano de Futsal

Publicado

em

Por Globo Esporte/G1 Acre –

A primeira fase do Campeonato Acreano de Futsal está finalizada. Neste fim de semana, três partidas completaram nona e última rodada e definiram o quarto time classificado às semifinais, além da segunda equipe rebaixada para a segunda divisão em 2019. Foram 38 gols marcados.

No último sábado (3), na cidade de Xapuri, o Atlético Xapuriense garantiu a primeira colocação ao bater o Rivera por 5 a 2. O resultado beneficiou o Palmeiras, que ficou com a quarta colocação e se garantiu nas semifinais.

Em Sena Madureira, o Sena Madureira não deu chances ao Villa, já rebaixado, e goleou por 11 a 4, assegurando a segunda posição.

Neste domingo (4), no município de Feijó, o Juventus de Feijó venceu o Murbanense por 10 a 6, se garantiu na elite do futsal acreana na próxima temporada e decretou o rebaixamento do representante de Manoel Urbano para a segunda divisão.

Com os resultados, os duelos das semifinais estão definidos. O Atlético Xapuriense, primeiro colocado, vai encarar o Palmeiras, quarto classificado. No outro duelo, o Sena Madureira, segundo lugar, enfrenta o Big Bran, atual bicampeão, que se classificou em terceiro.

As semifinais serão disputadas em jogos de ida e volta com as equipes de melhor campanha fazendo a segunda partida como mandante. A Federação Acreana de Futsal (Fafs) deve divulgar no decorrer desta semana as datas e horários dos duelos.

Continue lendo

esporte

Acreana conquista 2º lugar na categoria Amador do Monstar Games 18: “Fiz o meu melhor”

Publicado

em

Uma preparação intensa desde o início do ano foi recompensada com o segundo lugar para a acreana Patricia Fattah na categoria amador feminino do Monstar Games 18, realizado neste fim de semana, na cidade do Rio de Janeiro.

Mesmo sentindo dores na região lombar durante os três dias de competição – dores que surgiram duas semanas antes da disputa –, a atleta de 31 anos superou as adversárias e subiu ao pódio depois de sete provas e um desempenho de recuperação. Terminou em 15º lugar no primeiro dia, subiu para sexto no segundo dia e finalizou com a segunda colocação.

Patrícia Fattah, do RB Crossfit, é vice-campeã na categoria amador feminino no Monstar Games 18, no RJ — Foto: Reprodução/Instagram Monstargames

Patrícia Fattah, do RB Crossfit, é vice-campeã na categoria amador feminino no Monstar Games 18, no RJ — Foto: Reprodução/Instagram Monstargames

– A preparação para essa competição começou desde o início do ano com meu Coach Samir, decidimos quais seriam as competições que eu participaria e o Monstar foi uma de minhas prioridades. Duas semanas antes de viajar comecei a sentir muita dor na região lombar, principalmente quando fazia agachamentos. Tive que redobrar meu cuidado para não me lesionar e procurei meu fisioterapeuta Leyf Barros para conseguir competir – conta.

Patrícia afirma que as dificuldades encontradas durante as provas foram inúmeras, ampliadas por causa das dores que sentia. Ela conta que chegou a pensar em desistir, no entanto, lembrou que tinha algo a mais como motivação para concluir a competição.

– No primeiro dia aconteceram vários imprevistos, errei o percurso da corrida na primeira prova e na terceira prova do dia pensei em desistir, pois quase não estava conseguindo fazer o movimento de tanta dor na região lombar. Mas não desisti, pensei o quão difícil era estar ali e em todas as pessoas que estavam torcendo por mim, principalmente meus filhos, esposo e amigos. Fiz o meu melhor e conseguir ganhar o vice-campeonato em uma competição nacional em uma categoria intermediária – comemora.

Outra acreana que participou da competição na capital fluminense, Márcia Andreia ficou com a quinta colocação na mesma categoria. Foi a primeira participação dela em um evento nacional. Sthefanie Andrade, também do Acre, competiu na categoria Scaled feminina, mas não ficou entre as melhores classificadas.

Continue lendo

esporte

SRT e Atlético Brasileense vencem na rodada do Campeonato Acreano de Futsal Feminino

Publicado

em

Duas partidas da sequência do segundo turno do Campeonato Acreano de Futsal Femininoforam disputadas no último sábado (3), nas cidades de Rio Branco, capital do estado, e Xapuri, no interior. Com vitórias dos visitantes, os resultados colocaram o SRT na liderança do grupo e embolaram a classificação do grupo, que tem quatro equipes empatadas com três pontos.

Em Rio Branco, no ginásio do Colégio Militar, o Atlético Brasileense estreou batendo o Veneza B por 2 a 1, pelo grupo B. Com a vitória, a equipe se iguala a Pista, SRT Sub-20 e Atlético-AC, todos com três pontos. Veneza B e Rio Branco ainda não pontuaram na chave.

No grupo A, na cidade de Xapuri, o SRT superou o Atlético Xapuriense em uma partida de nove gols. Vitória por 5 a 4 e a liderança do grupo com seis pontos. O Atlético Xapuriense ainda não somou pontos.

O estadual de futsal feminino tem dois jogos marcados para esta terça-feira (6), no ginásio Álvaro Dantas, em Rio Branco. Às 19h, o Veneza B enfrenta o Atlético-AC, pelo grupo B. Logo em seguida, o Veneza A encara o Volta Redonda, em duelo do grupo A.

No segundo turno, as equipes se enfrentam dentro do próprio grupo e os quatro melhores de cada chave passam às quartas de final. O Atlético-AC, campeão do primeiro turno, já está garantido na decisão da competição. Se vencer o segundo turno, será declarado campeão estadual.

Continue lendo

Veja também

Mais lidas

Portal de notícias do Acre | Diretor e Redator - Lenilda Cavalcante FENAJ 084 | Copyright © 2006-2018 ECOS DA NOTÍCIA - Todos os direitos reservados.