Siga-nos

Aguarde processando...

X

Prefeitura anuncia concurso com 300 vagas e convoca 1.043 aprovados para a Educação

Um total de 1.043 candidatos aprovados em concurso da Secretaria Municipal de Educação (Seme) serão convocados. O anúncio foi feito nesta quinta-feira, 5, pelo prefeito Marcus Viana e pelo secretário de Educação, Márcio Batista. Além disso, o município deve abrir, nos próximos dias, processo seletivo com outras 300 vagas para professor.

Por O Alto Acre

Entre os profissionais convocados estão professores de pré-escola, do ensino fundamental 1, além de educadores físicos e da área de atendimento educacional especializado. Mesmo assim, o número de aprovados não foi suficiente para suprir a necessidade, daí a publicação de novo edital para a contratação simplificada de profissionais.

“Isso vai nos ajudar a preencher as vagas dos servidores que se aposentaram no ano passado, e também estamos fortalecendo a carreira do professor e dos demais profissionais da educação. Além disso, são mais 300 novas vagas que estamos anunciando. A educação é a nossa prioridade, e estou feliz em dar essa notícia”, destaca o prefeito.

Atualmente, o município de Rio Branco atende, diariamente, 24.160 aluno. E a expectativa é que esse número salte para 25 mil até o fim de 2017. E isso deve ocorrer de forma simultânea à entrega das obras de reforma da escola Menino Jesus, no Centro, e outras duas unidades: a Jacamim, no Oscar Passos, e ainda a do bairro Rosa linda, no 2º Distrito.

“Na medida que vamos estar efetivando esses profissionais do quadro definitivo, eles vão ter formação continuada, e vão fazer parte de um projeto que vai continuar sustentando e aumentando a qualidade da educação. Temos a quarta melhor nota entre as Capitais, e para isso precisamos de profissionais definitivos, de forma a não perdemos essas experiências”, comenta Márcio Batista, secretário de Educação de Rio Branco.

Segundo a Prefeitura de Rio Branco, cada aluno da rede municipal custa, anualmente, R$ 6,2 mil, sendo que R$ 4,5 mil é fruto de repasses da União e o restante do custeio sai do caixa da prefeitura. Entre 2004 e 2016, o número de crianças em creches municipais subiu de 300 para 4 mil.

 

Publicidade

Escreva seu comentário

Informamos aos nossos caros leitores que a Equipe Ecos da notícia não se responsabilizará pelas consequências jurídicas
sobre os comentários divulgados.