Siga-nos

Aguarde processando...

X
Loading...

EI cometeu mais de mil atentados suicidas em 2016

Maioria dos ataques na Síria e no Iraque ocorreu com veículos carregados de explosivos

Por Notícias ao Minuto

O grupo extremista Estado Islâmico (EI) foi autor de 1.112 ataquess suicidas em 2016 apenas na Síria e no Iraque, informou na quarta-feira (4) a agência de notícias do grupo, ‘Amaq’.

O EI afirma que a maioria dos atentados foi realizada com veículos-bomba. O grupo afirma que 815 militantes jihadistas utilizaram o método para atacar inimigos em ambos os países, onde o EI autoproclamou um califado em 2014.

De acordo com a agência EFE, a veracidade das informações não foi confirmada.

Dos 1.112 ataques suicidas, a agência afirma que 761 foram feitos no Iraque contra as Forças de Segurança iraquianas e da região autônoma do Curdistão iraquiano. Desses ataques, 311 se concentraram em Ninawa, cuja capital é Mossul.

Na Síria, a província de Aleppo foi a mais atacada pelos jihadistas, com 150 atentados ao longo do ano, seguida por Al Hasakah, Derzor e Al Raqqa. Na capital, Damasco, os jihadistas cometeram 18 ataques.

Os meses de outubro, novembro e dezembro concentraram a maioria dos atentados. O período coincide com o início da ofensiva para expulsar os EI da região de Mossul, no Iraque. As operações na região começaram em 17 de outubro.

 

Publicidade

Escreva seu comentário

Informamos aos nossos caros leitores que a Equipe Ecos da notícia não se responsabilizará pelas consequências jurídicas
sobre os comentários divulgados.